Estado Islâmico reivindica atentados suicidas contra igrejas na Indonésia

Estado Islâmico reivindica atentados suicidas contra igrejas na Indonésia

As autoridades da Indonésia enfrentam um problema novo na questão do combate ao terror: "famílias-bomba"

O grupo terrorista Estado Islâmico (ISIS) reivindicou os atentados suicidas na manhã do dia 13 de maio contra templos cristãos na cidade de Surabaya, na Indonésia, que provocaram a morte de pelo menos 13 pessoas e dezenas de feridos.

Por volta das 7h30 (hora local), foi registrado o primeiro ataque suicida contra a Igreja Católica de Santa Maria, na região de Ngagel Madya. Ocorreram outros dois ataques contra um templo protestante e outro pentecostal, a poucos minutos de distância.

Os ataques, segundo as autoridades, foram realizados por uma família que tinha voltado recentemente da Síria.

A explosão no templo católico foi causada por dois adolescentes, Yusuf, de 18 anos, e Alif, de 16, que conduziram motos em direção à porta da igreja e depois detonaram seus explosivos.

Dita, o pai dos jovens, dirigiu um carro-bomba ao templo pentecostal, enquanto a mãe, identificada como Puji Kuswanti, com suas filhas Fadila Sari, de 12 anos, e Pamela Rizkita, de 9, detonou as suas bombas na igreja protestante.

Através de seus meio de propaganda ‘Amaq’, o Estado Islâmico reivindicou também a responsabilidade pelo ataque de um homem com uma faca em Paris, na noite do dia 12 de maio, que deixou um morto e quatro feridos.

Depois de rezar a oração do Regina Coeli no Vaticano, no último domingo, o Papa Francisco disse: “Eu sou particularmente próximo ao querido povo da Indonésia, especialmente às comunidades cristãs da cidade de Surabaya duramente atingidas pelo grave ataque nos lugares de culto”.

“Elevo a minha oração por todas as vítimas e seus parentes”, assinalou.

“Juntos invoquemos o Deus da paz para que faça cessar essas violências, e nos corações de todos encontre espaço, não sentimentos de ódio e violência, mas de reconciliação e fraternidade”, expressou.

Expresso CE - Interna Inner