Excursão Pajeú abre exposição no CCBNB dia 16

Excursão Pajeú abre exposição no CCBNB dia 16

Por mais de 200 anos, o Riacho Pajeú foi considerado de grande importância para Fortaleza

Pelo viés da arte e da ficção, Excursão Pajeú oferece embarque para uma viagem entre tempos e espaços, camadas de memória de Fortaleza, cidade nascida e acomodada às curvas naturais do rio de mesmo nome, que atualmente ajusta-se às transformações políticas, econômicas e estruturais da capital cearense - entre estacionamentos, bueiros e prédios, em condição de apagamento físico e histórico.

A proposição da artista Cecília Andrade faz parte do projeto Era uma vez um rio, patrocinada pela Lei Rouanet, que envolve além do percurso no espaço expositivo, onde são apresentadas intervenções e documentos do processo de sua pesquisa de mestrado, uma série de caminhadas guiadas semanais. Para tanto, um aplicativo é disponibilizado aos visitantes, que são convidados a arriscar-se em uma experiência anti-turismo pelo Riacho Pajeú, descobrindo-lhe através da cidade e por documentos digitalizados. 

A experiência multimídia agencia encontros e desencontros com o riacho e permite pensar sobre sua existência em meio a tantas transformações. Estimula ainda a imaginação sobre o rio, que passa a poucos metros do Centro Cultural Banco do Nordeste do Brasil.

O Pajeú ainda existe

Por mais de 200 anos, o Riacho Pajeú foi considerado de grande importância para Fortaleza, banhando toda a cidade de vida e possibilidades, mas a intensa urbanização e a ocupação desenfreada vivida pela capital cearense trouxeram consigo danos graves ao afluxo. Mesmo tendo sofrido um processo de apagamento geográfico, a presença do corpo d'água permanece como um imaginário a disputar.

 

Mais informações no site: www.excursaopajeu.com

 

Sinopse 

 

Excursão Pajeú, proposição da artista e arquiteta Cecília Andrade, faz parte do projeto Era uma vez um rio, patrocinada pela Lei Rouanet. Trata-se de uma viagem pelas dimensões físicas e simbólicas de um rio que está em processo de apagamento. O projeto combina uma exposição, onde são apresentadas intervenções e documentos do processo de sua pesquisa de mestrado, a uma série de caminhadas guiadas semanais com o uso de um aplicativo desenvolvido exclusivamente para a experiência. Os visitantes são convidados a arriscar-se em uma experiência anti-turismo pelo Riacho Pajeú, descobrindo-o através da cidade e de documentos digitalizados.

 

 

Serviço:

O quê: Abertura da Exposição "Excursão Pajeú" no CCBNB, com a presença da artista Cecília Andrade e convidados. 

Quando: 16 de novembro, de 18h às 19h 

Onde: Centro Cultural Banco do Nordeste do Brasil 

(R. Conde d'Eu, 560 - Centro, Fortaleza - CE)

Duração da Exposição: 16 de novembro a 16 dezembro

GRATUITO

Mais informações: www.excursaopajeu.com

 

Programação 

 

16 nov

Abertura e fala sobre a pesquisa e o processo criativo 

Local: CCNB Fortaleza

Quinta, 18h

 

24 nov + 01, 08 e 15 dez 

Apresentação sobre a pesquisa e o processo criativo 

Local: CCNB Fortaleza

Sextas, 10h

 

25 nov + 02 e 16 dez 

Caminhada Guiada "Curto Circuito Pajeú"

com uso do aplicativo Excursão Pajeú

Local de partida: CCBNB Fortaleza

Sábados, 10h

 

09 dez

Percursos Urbanos 

Local de partida: CCBNB Fortaleza

Sábado, 15h

(Da Assessoria)