Ceará poderá receber fábrica de armas dos EUA

A fabricante americana de armas Sig Sauer (de origem na Suíça) é fornecedora do Exército dos EUA. Com investimentos de 54 milhões de dólares, a indústria pretende abrir uma fábrica no Brasil até 2020, a depender da abertura do mercado brasileiro, já que, atualmente, é fechado para estrangeiros.

Favorável à abertura, o governo de Bolsonaro deu esperanças aos representantes da companhia, que já se reunirame com a Secretaria Nacional de Segurança Pública para tratar do tema, segundo reportagem da Exame. 

Ainda de acordo com a reportagem, a empresa estuda qual seria o estado mais indicado para a instalação da fábrica, e o Ceará é um candidato ao lado do Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás e Pernambuco.

Os número são significativos: A Sig Sauer vendeu 21.000 pistolas no Brasil desde o final de 2017. A companhia também tem a intenção de instalar, em 2019, dois centros de treinamento no país, com investimento de 2 milhões de dólares em cada um.

(Com Exame)

Expresso CE - Interna Inner