TSE nega pedido de Haddad contra André Fernandes

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu o pedido feito pelo candidato Fernando Haddad (PT) para a retirada de vídeos em que o deputado estadual eleito pelo Ceará, André Fernandes, do PSL, afirmava ter encontrado a bíblia que o petista recebera de presente no lixo. 

Na decisão do TSE, assinada pelo ministro Carlos Horbach, relator do processo, "os próprios representantes registram não saber como a citada Bíblia chegou às mãos de André Fernandes de Moura, não sendo possível descartar a hipótese de que a tenha achado, como alega em seu vídeo, no chão da praça em que realizou o evento de campanha", diz.

O ministro negou ainda a retirada dos vídeos da internet, solicitado por Fernando Haddad, em clara manifestação de negar a liberdade de expressão do adversário político.

De acordo com o advogado do PSL, Aldairton Carvalho, essa é a primeira derrota de Haddad. "André Fernandes denunciou o descaso com a Palavra de Deus presenteada a Haddad e a encontrou no chão. O vídeos poderão continuar sendo veiculados", conclui. 

Expresso CE - Interna Inner