Por emeio, filho de Gilmar Mendes oferece à BRF aperfeiçoamentos legislativos

A Polícia Federal anexou aos autos da Operação Trapaça – terceira fase da Carne Fraca – uma série de e-mails oriundos da quebra de sigilo telemático dos diretores da BRF.

Num desses e-mails, Francisco Schertel Ferreira Mendes, filho do ministro Gilmar Mendes, conversa com Ana Rovai, diretora jurídica da companhia.

Ele diz que foi um “prazer” participar com ela de debate na FGV e a convida para um café em Brasília.

“Seguem aqui meus contatos para trocarmos ideias sobre possíveis aperfeiçoamentos legislativos que te interessem.”

Rovai agradece e também se coloca à disposição para outro café quando Francisco estiver em São Paulo.

(O Antagonistra/Cláudio Dantas)

Expresso CE - Interna Inner