Vice é preso por encomendar assassinato de prefeito

Vice é preso por encomendar assassinato de prefeito

Vice (direita) é acusado de encomendar, por R$ 10 mil, a morte do prefeito (esquerda)

A polícia prendeu o vice-prefeito de Novo Acordo (TO), Leto Moura Leitão Filho, na quinta-feira (10). Ele é suspeito de ser mandante de tentativa de assassinato contra o prefeito da cidade, Elson Lino de Aguiar. O motivo seria uma divergência sobre o recebimento de propina, segundo a Secretaria da Segurança Pública do Tocantins.

Além do vice, outras três pessoas foram presas sob acusação de planejar e executar o crime, que aconteceu na tarde de quarta (9). Aguiar foi atingido por três tiros e está internado em Palmas, capital do estado. 

Segundo o delegado Diogo Fonseca, com as prisões foi possível identificar a participação de Leitão Filho. Insatisfeito com repasse de propinas, o vice teria encomendado o crime.

“O não repasse de verbas [por transações irregulares] no município resultou em atrito entre os dois gestores do Executivo e, em razão, disso ele [Leitão Filho] optou pela decisão de ceifar a vida do atual prefeito”, disse Fonseca, segundo nota do governo. Desviado dos cofres públicos, o montante envolvido na disputa seria de R$ 800 mil.

Expresso CE - Interna Inner