Com articulação de Eunício, senadores aprovam proibição de cobrança pela marcação de assento em voos

O Senado deu mais um exemplo de Casa defensora dos direitos dos consumidores. Nesta quarta-feira (08), o presidente, Eunício Oliveira (MDB-CE), incluiu na pauta do plenário e conseguiu a aprovação unânime do Projeto de Lei (PLS 186/18) que proíbe a cobrança pela marcação antecipada de assento em voos.

O próprio Senador definiu a atitude das empresas como desrespeitosa com o consumidor. “Não é possível que o consumidor seja ainda mais penalizado pelo direito de sentar num assento que já foi pago no ato da compra do bilhete”, argumentou.

O texto garante aos passageiros o direito de marcar os assentos gratuitamente em qualquer tempo, em todos os voos dentro do território nacional e classifica a cobrança como prática abusiva, sujeita a multa.

A matéria segue agora para análise da Câmara dos Deputados.

Expresso CE - Interna Inner