Jorge Pinheiro permanece na CCJ da Câmara Municipal

O vereador Jorge Pinheiro vai permanecer até o fim do mandato na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara Municipal de Fortaleza. As entidades ligadas ao movimento pró-vida comemoram a decisão. 

"É exatamente na CCJ onde conseguimos articular e barrar projetos de lei que favorecem a cultura de morte, favorecem prática do aborto, que buscam restringir a objeção de consciência pelos médicos e profissionais de saúde, além de barrar projetos que buscam implantar a ideologia de gênero nas escolas e etc.", diz.

Jorge afirma que a articulação foi fundamental, mas admite que houve quem lutasse contra a permanência do vereador na CCJ. "Não foi fácil", setencia.

O vereador lembra ainda, portanto, que deixa a Comissão de Educação. "Mas continuarei dando ênfase e trabalhando em prol da educação. É um tema que jamais me afastarei", defende.

Segundo Jorge, para ficar na CCJ, a atuação do presidente da CMF, vereador Antonio Henrique, teve peso. "O presidente Antônio Henrique entendeu a importância da minha presença nesta comissão para continuar com o trabalho que venho fazendo, principalmente, em relação a essas pautas em defesa da vida e da família", conclui.

Jorge, que é advogado, antecipa ainda que deve ir para Comissão do Consumidor. "Estou articulando a fim de que a Presidência desta Comissão fique um ano com o Paulo Martins, e outro ano comigo", diz.

Expresso CE - Interna Inner