Outros 20 líderes de facções serão transferidos para presídios federais

Camilo Santana afirmou na manhã desta quinta-feira (10/1) que pretende transferir mais 20 presos chefes de facções criminosas para um presídio federal, publica o Diário do Nordeste.   

Até ontem (9/1), 21 chefes de grupos criminosos tinham sido transferidos para Mossoró, no Rio Grande do Norte, e aguardavam serem distribuídos para outros presídios pelo País.

Expresso CE - Interna Inner