Serei duro contra o crime, diz Camilo Santana ao tentar tranquilizar população

Pelo Facebook, o governador Camilo Santana tenta tranquilizar a população, e mostra ações que tem tomado desde o início das ações criminosas, ainda na noite de quarta-feira (3/1). 

O governador garante que o reforço na segurança permanece até "colocar atrás das grades todos aqueles que atentarem contra a sociedade", diz.

Camilo ressalta o trabalho dos 29 mil profissionais que atuam na segurança pública no Ceará, "que têm se doado noite e dia para combater o crime, especialmente neste momento em que o Estado toma medidas duras e necessárias de combate ao crime organizado, fora e dentro de unidades prisionais".

Segundo a nota, Sérgio Moro tem falado constantemente com Camilo. "Homens públicos devem estar acima de tudo isso. O bem estar da população do Ceará sempre estará em primeiro lugar e lutarei com todas as minhas forças por isso", diz.

Camilo ainda diz que o "combate ao crime organizado deve ser feito de forma cooperada entre estados e Governo Federal. É papel de todos proteger a população, deixando de lado vaidades e interesses pessoais ou partidários", afirma o governador, que preferiu não comparecer à posse de Bolsonaro e de nenhum dos ministros do novo governo, o qual garante ser oposição.

Ao encerrar a nota, Camilo fala em "um Ceará mais seguro para suas famílias", e conclui: "Serei duro contra o crime".

O tempo e as decisões confirmarão. Ou não.

Expresso CE - Interna Inner