Em vídeo, o presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, Edmar Fernandes orienta aos profissionais a não comparecerem ao trabalho. A nota se dirige aos médicos da Capital e do interior. Em trecho, o órgão diz que os profissionais devem retornar ao serviço somente quando "lhe sejam assegurados as condições mínimas de segurança".

Edmar garante ainda que os profissionais não serão prejudicados nos vencimentos. "Os médicos receberão o apoio jurídico irrestrito da entidade, e que seja garantido o abono de eventuais faltas", diz outro trecho.