Com diploma cassado, Doutor Bumbum volta para universidade

Depois de ter seu diploma de medicina cassado pelo Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal, Denis Furtado, o Doutor Bumbum, resolveu voltar aos bancos da universidade. Na manhã desta quinta-feira (12), ele foi clicado por uma amiga da coluna assistindo uma aula de fundamentos de biologia com a professora Luciana, na Universidade Estácio de Sá que fica no Barra World, na zona oeste do Rio.

Denis responde pelo homicídio da bancária Lílian Calixto, que morreu após realizar um procedimento estético nos glúteos com o médico no dia 15 de julho de 2018. Na época, além do médico, a namorada e a mãe dele também foram presos. Uma técnica de enfermagem também foi indiciada por homicídio qualificado. Denis foi preso quatro dias após a morte e Lílian e solto em janeiro de 2019.

A prisão de Denis, que responde por homicídio doloso foi revertida para medidas cautelares como: comparecer em juízo para justificar suas atividades, proibição de sair do Rio durante a investigação e recolhimento em casa à noite e nos dias de folga. Ele também está proibido de manter contato com determinadas pessoas que tenham relação com o caso.

(IstoÉ)

Expresso CE - Interna Inner