Exportações de pás eólicas crescem até 500% no Ceará

O Ceará exportou mais de US$ 82 milhões em pás eólicas de janeiro a maio deste ano. O número é 500% a mais que o registrado pelo estado no mesmo período de 2018.

Atualmente, o Ceará possui três empresas que produzem hélices para os equipamentos. As produtoras estimam que 70% dos produtos são usados para exportações. Com o crescimento das exportações, os lucros e as contratações aumentaram.

"São empresas em que, realmente, a média salarial é mais do que o dobro da média da indústria tradicional do Ceará. Dessa forma, são empresas que exigem qualificação e têm muito a agregar pro nosso desenvolvimento", disse Rosiane Medeiros, secretária executiva da indústria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará.

A localização do Porto do Pecém em relação aos principais países compradores e o domínio da logística contribuem para que o Ceará seja o principal estado exportador de pás eólicas do pais.

"Nós fizemos a tarefa mais difícil que foi viabilizar a inserção desse produto bem diferente, com altíssimo valor agregado para o mundo", disse Karina Frota, gerente do Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará.

(G1)

Expresso CE - Interna Inner