Curso gratuito de latim é oferecido na internet

O Duolingo, conhecida plataforma online de aprendizagem de idiomas, lançou no último dia 28 de agosto um novo curso voltado para os interessados em aprender latim, idioma oficial da Igreja Católica. O curso, que é totalmente gratuito e online, já conta com milhares de inscritos e é fruto de uma parceria com o Instituto Paideia, organização educativa que promove o estudo do latim e do grego antigo.

Segundo um porta-voz da empresa, estudar latim "permite às pessoas de Fé Católica romana obter uma conexão mais profunda com sua religião". Além disso, esse idioma está presente em nosso dia a dia. "Está em nosso dinheiro, nossos edifícios, inclusive em nossas camisas de futebol. É a língua da lei e da medicina e a base de muitos outros idiomas", recordou.

Já para o doutor Marco Romani, gerente de divulgação do Instituto Paideia, apesar de ser considerado um idioma morto, "nós nos esforçamos para considerar o latim como um idioma de comunicação, um idioma que as pessoas possam falar e, o que é mais importante, que as pessoas possam aprender falando".

De acordo com Romani, o curso é voltado para iniciantes sem nenhum tipo de familiaridade com o latim. Qualquer pessoa pode "completá-lo com êxito" e "alcançar um nível de fluidez superior à média".

Ao contrário do método dos professores tradicionais de latim, que se concentra na tradução de textos, o curso oferecido pelo Duolingo é focado na conversação, na gramática, tendo como objetivo ajudar os estudantes a terem mais fluidez.

"Duolingo ensina frases simples de conversação que gradualmente ajudam os alunos a interiorizar as estruturas linguísticas mais importantes que precisam para melhorar seu latim", ressaltou o especialista.

Romani concluiu assegurando que "estudar latim aumenta seu domínio do próprio idioma" e oferece acesso "ao imenso corpo de literatura escrita em latim desde a antiguidade até a era moderna. Pode-se obter uma melhor apreciação de autores como Santo Agostinho, São Boaventura e São Tomás de Aquino, o que acredito que seja importante para católicos e não católicos".

(Gaudium Press)

Expresso CE - Interna Inner