Youtuber morre ao pular de paraquedas

Um homem de 29 anos morreu na manhã desta quarta-feira (7) em uma fábrica de cimento espanhola após fazer um salto de paraquedas.

 Dono de um canal no YouTube, ele era dedicado a esportes de risco e tinha a intenção de gravar seu salto, segundo informaram fontes ouvidas pelo jornal El País. Seus vídeos na plataforma mostravam saltos de pontes e voos de parapente e paraquedas. No entanto, ele tinha apenas seis assinantes no canal.

Segundo apurou o jornal, o homem e um amigo pularam a cerca que impedia o acesso a uma fábrica de cimento da empresa Cemex, um recinto privado e em funcionamento, localizada na fronteira entre as cidades de Alicante e San Vicente del Raspeig, na Espanha.

Ele subiram uma torre de cerca de 50 metros e o homem que morreu foi o primeiro a pular. No entanto, seu paraquedas não abriu e ele acabou morrendo ao cair no chão. O motivo pelo qual o paraquedas não abriu ainda não foi informado.

Segundo o centro de coordenação de emergência da Comunidade Valenciana (CICU), agentes da polícia local de San Vicente e uma unidade do serviço de emergência do SAMU foram até o local, mas não puderam fazer nada pelo homem, que já havia morrido.

Expresso CE - Interna Inner