Ex-presidente do Conselho Federal de Enfermagem e a esposa são presos

O ex-presidente do Conselho Federal de Enfermagem, Gilberto Linhares, e a mulher dele, Hortência Linhares, foram presos nesta segunda-feira (22), em Aracaju.

A informação da Polícia Federal em Sergipe é que as prisões foram em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela 6ª Vara Criminal da Justiça Federal, do Rio de Janeiro.

Segundo o advogado de defesa dos dois, Emanuel Cacho, Gilberto Linhares tinha sido condenado em janeiro deste ano a 22 anos de prisão em regime fechado pelo crime de fraude à licitação. E, Hortência Linhares a cerca de dois anos pelo mesmo crime, porém em regime semiaberto.

Ainda, de acordo com o advogado de defesa, os dois tinham ciência da condenação e aguardavam para se apresentar, inclusive, tinham feito petição de apresentação.

Gilberto e Hortência Linhares foram presos pela primeira vez em dois mil e cinco numa operação que combateu fraudes no Conselho Federal de Enfermagem.

(G1)