Moro se manifesta sobre prisões do caso Marielle

Moro se manifesta sobre prisões do caso Marielle

Foto: Marcello Casal jr | Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, se manifestou nesta terça-feira (12/3) sobre as prisões dos suspeitos do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes.

A declaração foi feita através da conta do Ministério da Justiça no Twitter.

 “O Ministro Sergio Moro, espera que as prisões e buscas relativas ao assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, realizadas hoje, sejam mais um passo para a elucidação completa deste grave crime e para que todos os responsáveis sejam levados à Justiça”, diz a nota.

E acrescentou:

“Moro lembra que a Polícia Federal tem contribuído e continuará contribuindo com todos os recursos necessários para a continuidade das investigações do crime e das tentativas de obstrui-las.”

Na manhã desta terça-feira, 12, policiais da Divisão de Homicídios da Polícia Civil e promotores do Ministério Público do Rio de Janeiro prenderam o policial militar reformado Ronnie Lessa, de 48 anos, e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, de 46 anos, expulso da corporação por fazer segurança ilegal em uma casa de jogos de azar.

 Segundo as investigações, Ronnie Lessa teria sido o atirador e Élcio Vieira de Queiroz o motorista do carro que perseguiu a vereadora.

A polícia ainda quer esclarecer quem foi o mandante do crime e qual a motivação.

(ConexãoPolítica)

Expresso CE - Interna Inner