Oposição atua para Congresso propor alternativa à política de salário mínimo do governo

Oposição atua para Congresso propor alternativa à política de salário mínimo do governo

Foto: Folhapress

A oposição debaterá, nesta segunda (22), em Brasília, estratégia para postergar ao máximo a votação de relatório a favor da reforma da Previdência na Câmara. É o que revela a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

O tema começará a ser debatido na CCJ nesta terça-feira (23). O sonho –quase irreal– é arrastar a discussão até a véspera do 1º de maio.

Integrantes de partidos de esquerda também querem tentar emplacar uma alternativa à política de reajuste do salário mínimo prevista por Jair Bolsonaro.

A ideia é colher assinaturas para pedir urgência a um projeto que defina parâmetros diferentes dos propostos pelo governo, que acabou com o aumento real.

(Blog do Eliomar)

Expresso CE - Interna Inner