Prefeitura destaca avanços na gestão durante 1º Fórum de Economia e Políticas Locais

A Prefeitura de Fortaleza realizou nesta sexta-feira (23), no auditório da Universidade do Parlamento Cearense, o 1º Fórum de Economia e Políticas Locais, com a presença de gestores públicos e especialistas que debateram os avanços e desafios da gestão pública.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio destacou a importância de o Município realizar ações em diversas áreas para dar qualidade de vida aos moradores. “Na educação, o investimento mais sustentável é ofertar mais vagas, implantar o tempo integral, e, principalmente, qualificar os resultados através dos índices de avaliação. Este é o caminho mais certo para reverter a desigualdade e dar oportunidades a uma cidade como Fortaleza”, afirmou.

Além disso, o prefeito pontou as inovações no setor de micro e pequeno negócio, para estimular novos arranjos produtivos, desburocratizar a formalização e capacitar. "É um conjunto diverso de iniciativas, mas não se caminhará na construção de uma cidade mais segura, com mais qualidade de vida, sem que a gente se preocupe em estruturar políticas sociais principalmente de educação, saúde e preparar a cidade para ser um ambiente mais atrativo ao investimento", explicou Roberto Cláudio.

Ciro Gomes, que foi prefeito de Fortaleza e governador do Ceará, também esteve presente no evento e aponta que a cidade hoje vive um momento histórico. "Fortaleza experimenta um momento novo e isso é importante quando a política brasileira está colapsada. Fortaleza tinha o pior padrão educacional do Ceará e teve sua primeira "Escola Nota 10" pelos padrões oficiais. Ainda tem que aprimorar, melhorar, mas está no caminho certo", elogia.

De acordo com o ex-ministro Mangabeira Unger, que proferiu palestra no evento, a democratização exige mais do que dinheiro, precisa de inovação institucional. “Só a educação vai mudar e fazer o País seguir em frente. Precisamos construir um novo modelo de desenvolvimento baseado na democratização das oportunidades e capacitações. Não basta democratizar o consumo, mas sim a produção, o produtivismo e a capacitação. O Brasil tem que construir uma alternativa a partir da base municipal e Fortaleza está ajudando a abrir este caminho”, destacou. 

Estiveram presentes também no evento, o presidente do Legislativo de Fortaleza, vereador Salmito Filho, o presidente da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), Cláudio Ricardo, e o presidente do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Flávio Ataliba.