Senado vai gastar R$ 7,2 milhões em itens que incluem barbeadores e flores

O Senado Federal vai realizar oito processos licitatórios até o dia 10 de dezembro deste ano. O total disponibilizado para as compras ultrapassa R$ 7 milhões.

No rol de aquisições, coletes à prova de balas, gazes, agulhas, ar-condicionado, viagens e outros.

O curioso é que também há a quantia destinada para a aquisição de 50 aparelhos de barbear descartáveis para, segundo o Senado, “tricotomia” (retirada dos pelos antes de uma cirurgia). Os critérios para a aquisição do produto são “lâmina dupla em aço inox, com bom corte, sem rebarbas ou sinais de oxidação”.

O produto será comprado junto a itens médico-hospitalares para uso no Serviço Médico de Emergência. O Senado desembolsará R$ 31 mil. 

Também há a aquisição para a compra de flores para arranjos por um ano: com isso, o órgão desembolsará R$ 13,7 mil.

O valor é apenas um dos gastos curiosos de uma série de oito processos licitatórios que se estenderão até 10 de dezembro, como o Metrópoles mostrou nessa terça-feira (26/11/2019).

A contratação mais cara será a de uma agência de viagens (R$ 3 milhões), e em seguida, a compra de nove aparelhos de ar-condicionado (R$ 2,7 milhões) para fornecimento e instalação no datacenter da sala-cofre do Prodasen.

Expresso CE - Interna Inner