Novos sacerdotes dos Arautos do Evangelho são ordenados em São Paulo

A Basílica Nossa Senhora do Rosário, localizada no município de Caieiras (distante 40 km da Capital São Paulo), recebeu um grande número de fiéis, à celebração da Santa Missa presidida pelo Bispo Dom Benedito Beni dos Santos, Bispo emérito de Lorena, para a ordenação de dezessete novos sacerdotes dos Arautos do Evangelho.

Os novos sacerdotes Arautos do Evangelho são provenientes de vários países: Vietnam, Índia, Colômbia, Equador, Paraguai e Brasil, pertencentes a Sociedade de Direito Pontifício Virgo Flos Carmeli.

Delegações de familiares vestidas com seus trajes típicos como as do Vietnam e Índia deram um colorido especial à cerimônia, que teve a presença do Coro Internacional dos Arautos do Evangelho que cantaram músicas gregorianas e polifônicas.

Dom Benedito Beni dos Santos em suas palavras pediu que os novos sacerdotes Arautos busquem em seu ministério sacerdotal a santidade.

Também salientou a importância da dedicação, da humildade, do serviço para com os mais necessitados por parte dos novos presbíteros e salientou que o celibato faz parte dessa entrega: "podemos compreender, aí, a importância do celibato para o diácono, para o sacerdote. O celibato não é apenas uma lei eclesiástica, é muito mais que isso. É uma necessidade antológica. Ele é necessário para que, o sacerdote que foi configurado a Cristo, o Sumo Sacerdote, Cabeça e esposo da Igreja... O celibato é necessário para que o sacerdote tenha o mesmo estilo da vida de Cristo. Cristo foi Celibatário, foi Virgem, daí a importância do celibato", concluiu. 

(Gaudium Press/Foto: Arautos do Evangelho e Instagram Pe. Ignacio Montojo)

Expresso CE - Interna Inner