Papa Francisco canoniza Irmã Dulce

Irmã Dulce agora é declarada santa. Seu nome junto ao de outros 4 beatos foi inscrito no livro dos Santos em uma multitudinária Missa celebrada neste domingo (13/10), na Praça de São Pedro, no Vaticano, presidida pelo papa Francisco. Na cerimônia foram elevados aos altares também: Santa Giuseppina Vannini, Santa Mariam Thresia Chiramel Mankidiyano, São John Henry Newman e Santa Marguerite Bays.

Ante dezenas de milhares de fiéis, incluindo uma delegação de mais de 10 mil brasileiros, o Santo Padre escutou a biografia dos cinco novos Santos. Em seguida, o prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, Cardeal Giovanni Angelo Becciu, acompanhado dos postuladores que defenderam a causa de canonização, leu a petição para que o Papa procedesse à canonização dos beatos.

Em seguida, o coro cantou a ladainha dos Santos em latim. Na sequência, o papa Francisco leu a seguinte fórmula para declarar os beatos santos: 

“Ad honorem Sanctæ et Individuæ Trinitatis, ad exaltationem fidei catholic et vitæ christianæ incrementum, auctoritate Domini nostri Iesu Christi, beatorum Apostolorum Petri et Pauli ac Nostra, matura deliberatione præhabita et divina ope sæpius implorata, 

ac de plurimorum Fratrum Nostrorum consilio, Beatos Ioannem Henricum Newman, Iosephinam Vannini, Mariam Teresiam Chiramel ankidiyan, Dulcem Lopes Pontes et Margaritam Bays Sanctos esse decernimus et definimus, ac Sanctorum Catalogo adscribimus, statuentes eos in universa Ecclesia inter Sanctos pia devotione recoli debere. In nomine Patris et Filii et Spiritus Sancti.”.

Cuja tradução é: “Em honra à Santíssima Trindade, para exaltação da fé católica e crescimento da vida cristã, com a autoridade de nosso Senhor Jesus Cristo, dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo e a Nossa, depois de ter refletido longamente, invocando muitas vezes a ajuda divina e ouvido o parecer de numerosos irmãos no episcopado, declaramos e definimos os Beatos John Henry Newman, Giuseppina Vannini, Mariam Thresia Chiramel Mankidiyan, Dulce Lopes Pontes e Marguerite Bays e os inscrevemos no Livro dos Santos, e estabelecemos que em toda a Igreja sejam devotamente honrados entre os Santos. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém”.

A Missa de canonização decorre no exterior da Basílica de São Pedro do Vaticano. Junto ao altar, situado no alto das escadas de acesso à Basílica, havia uma imagem da Virgem a cujos pés se situaram cinco relicários com as relíquias dos novos Santos.

(ACI) 

Expresso CE - Interna Inner